Aprender a detetar mentira com provérbios populares

Aprender a detetar mentira com provérbios populares

A sabedoria popular já tem muitas ferramentas para nos tornar melhores “detectores de mentira” e os mais sábios partilham essa sabedoria para as gerações futuras através de provérbios como “Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo”

 

“Quem cala consente”

O inocente tem mais tendência a atacar quando acusado, enquanto o culpado cala-se e não se defende.

 

“Quem não deve não teme”

Quem mente tem maior tendência a  exibir gestos de fuga e desconforto quando fala, como olhar para a porta, apontar pés para a porta, fechar posturas, abanar,…

 

“A boca foge para a verdade”

Quando diz “Estava a descans… (cala-se e substitui a palavra por uma nova) … Trabalhar.  Acredite mais na primeira palavra que ia ser dita.

 

“Com papas e bolos se enganam os tolos.”

Quando é demasiado bom para acreditar, normalmente é demasiado bom para acreditar, logo tenha mais atenção e investigue.

 

“Quem mais jura é quem mais mente”

Quando existem compensações como “Juro; sinceramente, francamente, honestamente”, desconfie. Qual a necessidade de compensar o que é verdade? Se for verdade não necessita de compensar.

 

O que quero dar-lhe é um maior poder porque “Em terra de cego quem tem olho é rei” e alertá-lo que “Quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto”

 

Não julgue, duvide!

 

“E-CURSO ONLINE – LINGUAGEM CORPORAL + INFO Clique aqui

PRESENCIAL ” DECIFRAR PESSOAS: +INFO E INSCRIÇÕES – Clique aqui

 

Um Abraço Amigo, 

Alexandre Monteiro
Especialista em Decifrar Pessoas | sou@pessoab.pt | Visite os Segredos da Linguagem Corporal

Nº1 Nacional a partilhar a Linguagem Corporal para todos 

Quero Decifrar Pessoas?

Subscreve a nossa newsletters e recebe artigos, vídeos e conteúdo de forma gratuita!